Notícias

20/06/2008 - Justiça Eleitoral – Número de vereadores cassados por infidelidade partidária chega a 49 em Minas

O Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) anunciou, nesta quarta-feira (18/06), a cassação de mais cinco vereadores por infidelidade partidária. Assim, chega a 49 o número de cassações no estado. A decisão foi tomada com base na resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que proíbe a desfiliação de partido sem justa causa.

Em São Vicente de Minas, no sul do estado, foi afastado Deoclécio Godinho da Fonseca, que migrou do PSDB para o PP. Reginaldo Rodrigues de Souza, de Conquista, no Triângulo Mineiro, foi penalizado por sair do PDT e se filiar ao PMDB. Já em Limeira do Oeste, também no Triângulo, a vereadora Wagner Eliane Cristina Pereira da Fonseca perdeu seu cargo por se desligar do PMDB para ir para o PSL.

Marcos Antônio Matavelli, eleito pelo PT, em Poços de Caldas, no Sul de Minas, foi afastado por se filiar ao PCdoB. O último caso aconteceu em Ponto dos Volantes, Vale do Jequitinhonha, onde Aurino Acácio da Silva foi cassado para mudar do PSB para o DEM. (As informações são do TRE-MG).