Notícias

14/04/2009 - Inaugurado a menos de um ano Bueiro do Barreiro não resiste e desaba

O Bueiro do Córrego do Barreiro próximo a ponte do Rio da Prata inaugurado a menos de um ano não resistiu e desabou. Esta semana a Presidente da Câmara Zélia Queiroz e o vice Foguinho visitaram o local.

De acordo com o vereador Foguinho as fortes que caíram também influenciaram para o desabamento do bueiro. O vereador acrescenta ainda que se a obra tivesse sido feita de maneira correta não desviando o curso do córrego e uma terraplanagem bem feita o estrago não aconteceria. “É o dinheiro público jogado fora, uma obra que não tem nem um ano e agora vamos ter que fazer de novo” declarou Foguinho.

A Presidente da Câmara Zélia Queiroz durante a visita disse que se bastasse as dificuldades que a administração do prefeito Lico vem passando agora mais este problema. “Esta obra ficou cara não foi feita de acordo com era necessário com uma sustentação melhor e está desabando, sei da necessidade de quanto essa estrada é importante para o transporte escolar e proprietários de terras na região por isso temos que resolver o problema de imediato” declarou a Presidente.

Zélia Queiroz disse ainda que o dinheiro que poderia esta sendo investido em outras construções terá que reparar o estrago. Diante do problema os vereadores solicitaram a imediata reconstrução do bueiro ao prefeito.

O local oferece perigo aos usuários da estrada. Pelo estrago veículos de grande porte não passam sobre o bueiro e veículos pequenos passam, mas com perigo. Os vereadores querem uma solução para evitar que a estrada seja interditada. A obra teve um gasto de aproximadamente R$ 24 mil.